Homem suspeito de 30 estupros abusou de três mulheres ao mesmo tempo, diz polícia na PB

Entre os 30 estupros que é suspeito de praticar, o homem de 42 anos preso pelos abusos chegou a estuprar três mulheres ao mesmo tempo, segundo informou a Polícia Civil nesta segunda-feira (8). Os casos ocorreram nas cidades de Campina Grande, no Agreste paraibano, e Esperança, no Brejo do estado.

Segundo a delegada da mulher da Polícia Civil, Maíra Roberta, em um dos casos o boletim de ocorrência tem o registro de três vítimas. O homem teria obrigado as três mulheres a praticar sexo oral nele, sendo ameaçadas com uma arma de fogo. Depois disso, o homem ainda pegou uma das vítimas e levou para um matagal em uma moto.

As informações apresentadas pela Polícia Civil da Paraíba apontam que o homem preso em outubro do ano passado por estupro pode ter feito pelo menos 30 mulheres vítimas em quatro meses. As investigações, com base em exames genéticos, já confirmaram que pelo menos cinco mulheres foram estupradas pelo suspeito.

“Ele tinha o hábito de atuar mais na zona rural e em alguns casos ele conhecia as vítimas”, afirmou a delegada Maíra Roberta. O suspeito foi preso acusado de porte ilegal de armas, mas só depois foram descobertos os casos de estupro. Segundo a Polícia Civil, foram instaurados 25 inquéritos, 11 na delegacia da mulher em Campina Grande e 14 na cidade de Esperança, onde ele praticava os estupros. Quatro casos de exames genéticos ainda não foram finalizados.

O preso, de 42 anos, é já tinha sido reconhecido por pelo menos 15 mulheres na região. O homem foi preso por moradores na zona rural do município de Esperança no dia 31 de outubro depois que ele teria tentando estuprar uma idosa, mas foi flagrado por vizinhos. Com ele, os policiais apreenderam uma pistola e uma motocicleta com placas do estado de Pernambuco.

G1

Deixar uma Resposta