Câmara Aprova por 7 a 6 Fim do 1/3 de Hora Atividade dos Professores, em Sessão Sob Fortes Protestos

Foto: João Maria Professor

A Câmara Municipal de Nova Cruz votou na noite da ultima sexta (01) o projeto de lei 006/2017 que dispõem sobre o fim do 1/3 da Hora Atividade dos professores da rede municipal, a ampliação da carga horaria de 6 horas corridas para 8 horas diárias, o principal objetivo do projeto é diminuir o deficit de funcionários.

A Sessão foi marcada por protestos, diversos munícipes estiveram na casa legislativa para acompanhar a votação do projeto, mesmo tendo uma clara demonstração da vontade popular pela não aprovação os vereadores da Base Aliada, aprovaram o referido projeto de lei.

Após o encerramento da sessão, munícipes e professores saíram pelas ruas da cidade, até a praça de são sebastião, onde externaram sua indignação com o resultado obtido na Câmara Municipal.

3 Respostas para “Câmara Aprova por 7 a 6 Fim do 1/3 de Hora Atividade dos Professores, em Sessão Sob Fortes Protestos”

  1. valdir genuino

    2020 vem ai, será que estes caras de pau vão ter a coragem de ir nas casas pedir um voto, gente olhe se em quem vocês votarão esta na lista dos que aprovarão este projeto, de um não, bata a porta na cara deles, não merecem nem um bom dia nosso.

    Responder
  2. Larissa Oliveira

    Que indignação! Só queria que fosse algum filho deles. Não são por isso que fazem isso tiram uma coisa de onde já nem tenhe tanto assim. e pode ser qualquer um que entre, que faz uma coisa assim tem aquele ditado que diz assim "se ele é ruim! Vem outro e diz sai da frente que eu sou pior." O pior é que o povo fala muito pois reclavam da gestão passada e olhe agora. Também não to falando que a gestão passada foi boa, não foi todas uma vergonha! Pra quê se eleger então. São pessoas que não se importam com o que a população pensa ou deixa de pensar. Acho que estas pessoas estão ali só por interesse próprio. Meu Deus! Só quero ver onde toda essa humilhação e desrespeito com a população novacruzense vai chegar…. MAIS ANDAMOS PRA FRENTE NÃO É MEESMO!?

    Responder
  3. Joel Dantas

    O que se percebe na reclamação dos professores é que não querem trabalhar. A partir de agora os professores do quadro permanente terão que trabalhar os cinco dias da semana (antes só trabalhavam 04 e enrolavam o 05º dizendo que estavam planejando – nenhum outro funcionários da prefeitura tem essa boquinha). A prefeitura vai economizar e poderá investir mais em educação. De fato 2020 está vindo e aqueles que agora são execrados, serão reconhecidos pelos pais dos alunos da rede municipal de Nova Cruz.

    Responder

Deixar uma Resposta